a festa da vida da Aisha

Conheci a joana nas urgências do hospital quando ficámos com o martim, eu tinha a custódia, ela era o estado dele e estávamos à espera de análises. Foi uma hora ou duas de conversa fiada até que tivemos alta.

Arrancámos com a brincadeira das festas e ela ligou-me para os 15 miudos dela que eu ainda nem sabia que tinha. Tinha acabado de ser e fiquei a saber tudo. Pedi-lhe que enviasse email com datas e ela enviou email com as datas dos de setembro dizendo que antes tinha duas mas era muito em cima não dava. Era dificil, mas como é que deixavamos essas duas de fora?

Três dias antes soubemos que o sonho da Aisha fazer uma festa na piscina e tendo eu uma em casa (do meu sogro) era um sonho fácil de realizar. 3 dias para montar um dia que esperemos que fique para muito tempo. A Inês foi a primeira maluca a alinhar, a tanica e o bernardo trataram de quase tudo no dia e a festa aconteceu tal como ela tinha sonhado.

Bom que uma coisa que para nós é de facil acesso possa trazer tanta felicidade a outros. Bom poder sempre contar com mãos amigas para ajudar. Especial agradecimento à rita que me entregou para a mão dinheiro para festas e com isso ofereceu o presente que a menina dos anos queria. Bom que no meio do caos do dia a dia tenha calhado no único dia da semana que podia. Bom que a tanica (implementa) implementa todos os meus (nossos) sonhos e ainda surpreende. Bom ver miudos com histórias dificeis mas muito queridos, agradecidos e educados. Bom até me ter caido ao colo uma Pipa que se ofereceu para vir de lisboa buscar e devolver miúdos a casa.

Bom saber que podemos realizar sonhos e dar festas à vida deles.


Parabéns Aisha. Que os próximos 10 sejam ainda melhores.




























Obrigada Bom petisco pelo atum que alimentou estes gandulhos esfomeados

rosa amado

Sem comentários:

Enviar um comentário